quinta-feira, 9 de junho de 2011

No Campo****

Em Julho já faz um ano que troquei a azáfama da cidade, pela calma do campo. Do meu campo…
O balanço é excelente. Uma alimentação bastante melhor, o ar que respiramos não tem comparação, e isso notou-se sobretudo na "ausência de doenças" nos miúdos,  sobretudo no mais novo.




Arranjei amigos novos, estou muito contente com a escola dos miúdos, e as sextas feiras já não são "dia de McDonalds"…




Sem dúvida uma troca para muito melhor! 
Aqui temos tempo para tudo. Aqui temos tempo para estar realmente com os miúdos. Aqui temos tempo para fazermos o que mais gostamos.



Isto é a prova de que quando queremos muito uma coisa, ainda vale a pena sonhar e não desistir nunca!
Aqui pelo campo continuamos muito felizes com a nossa mudança de vida!


Bom fim de semana!

22 comentários:

Copeira disse...

O meu sonho e da minha cara metade é um dia termos o nosso cantinho no campo e podermos trocar finalmente a azáfama da grande Lisboa pelo ar puroooo!!!!

Como te "invejo" (no bom sentido) e te compreendo! ;)

cesto da roupa disse...

Bom fim de semana e continuação de tudo de bom!!!!!!!!

Tempo disse...

Acho que é óptimo terem mudado para o campo, eu gosto muito do campo, aproveitem bem!
Beijinhos

Tina disse...

Oi amiga
em dúvida a vida no campo é maravilhosa!
Criei meus filhos no campo,aproveitaram bem a infancia saudável que tiveram, hoje são adultos, estudam e trabalham na cidade, mas nos fins de semana estão aqui, para recuperar as energias
Que voce seja tão feliz no campo, como fui e sou...
bjs
Tina (MEU CANTINHO NA ROÇA)

Manuela disse...

Bom fim de semana :)

As Cores do Arco-Íris disse...

Adoro o campo, nasci no campo e vivo no campo (no meio da cidade) É um pouco estranho, mas aqui em Gaia, ainda exitem certas zonas não tão desenvolvidas, que continuam a ter campos de cultivo. De facto o ar não chega a ser tão puro como deve ser o teu, mas em dias de nevoeiro e chuva miudinha, todos os sentidos ficam apurados com o cheirinho a terra molhada...
Portanto todos os dias, para além do meu trabalho, tenho oportunidade de quando chego a casa pôr os pé na terra, nos jardins, enfim, no meio das alfaces batatas e flores(imensas flores). Ver como crescem os coelhos, como vão as galinhas, o banho dos cães o lago dos patos, dar de comer no outro lago dos peixes...enfim o dia é curto para tanta coisa. Ainda bem o que a minha pipoca (Kiko) pode benefeciar de tudo isto, pois de facto, não há melhor!
Beijos de bom fim de semana.
http://ascoresdo-arco-iris.blogspot.com/

Naná disse...

Eu gostaria de o poder fazer agora... mas acho que vou ter que esperar mais um pouco... casa e terreno sempre tive, são de família! Tenho uma daquelas casas rústicas lindas...! Mas a vida que tenho agora não mo permite, pelo menos para já não...
Achei piada às fotos da paisagem, porque de algum modo me pareceu algo familiar... será na costa vicentina ou alentejana?

Maria Oliveira disse...

Querida parabéns pelo seu blog, lindo. Domingo passei o dia todo a ler suas postagens, a cada um parecia que viajava junto com vc. Acredito que vc deva ter uma vida deliciosa, alvejada por muitas pessoas. Eu moro em um lugar muito tranquilo é um pouco parecido com este seu. Estou na cidade, mas tem muita área verde onde posso caminhar e desfrutar dos cânticos dos pássaros. Desejo que sua vida continua deliciosa e vc permaneça fazendo estas coisas lindas.
Um beijo
Maria Aparecida
www.maluveira.blogspot.com

Caroline disse...

Que delícia deve ser! Suas imagens nos transmitem muita paz,felicidade e aconchego..acho que deve ser isso mesmo, não é!
Um grande beijo,
Carol

Gigi disse...

Como a compreendo...há 2 anos também tomámos essa decisão. Achámos que seria o ambiente ideal para cuidar do rancho de crianças que queremos ter. A primeira nasce há 2 meses e sei que vai ser muito feliz com esta escolha dos papás que assim até lhe puderam dar um cãozinho. O podermos ter as compotas feitas pela fruta das nossas arvores, os vizinhos que nos vêm dar carne caseira, legumes frescos das suas hortas e agradecer por termos vindo para aqui pois viemos dar uma lufada de ar fresco e assim já não são só "velhinhos" aqui, como eles dizem!!!Amorosos:-)
Muitas felicidades!!!

Formiguinha disse...

Eu também moro no campo, aliás sempre morei, e acho que não era capaz de me habituar a viver na cidade.
Sou uma mulher simples e que gosta das coisas simples.:)

Adorei as fotos principalmente dos novos amigos. Também tenho desses.

Só tenho pena de não ter água perto aí era perfeito.

Felicidades!

Bom fim-de-semana!
Beijinhos da Formiguinha

Adriana Alvarez disse...

Assim como você, eu estou indo morar no campo, devo ficar por aqui somente mais este mês, dá um friozinho na barriga, afinal é uma grande mudança, é muito bom visitar este seu cantinho, é como se eu tivesse uma prévia do que está por vir e fico feliz, pois estou realizando um grande sonho!!!

Um super beijo

www.emporiocasadachiquinha.blogspot.com

Andréa disse...

Que maravilha né!!!
Também moro no meio da natureza des de dezembro de 010, minha filha que tinha alergia, aqui até hoje não apresentou mais nada, está com saúde perfeita....só me falta um cachorrinho lindo como o seu...
muitos bjs
Andréa

Borboleta Serrana disse...

Fico feliz por vocês. Quem não arrisca não petisca e vocês arriscaram, é assim mesmo!
Bjnsss e tudo de bom aí pelo campo;)
Sofia

Marta disse...

Não me posso queixar muito... mas ainda continuo a sonhar com a minha quintinha!
Parabéns!

M. disse...

Como te invejo (inveja da boa).
Por cá sofremos de um mal chamado falta de coragem... coragem para mandar tudo para o alto e arriscar a darmos a vida que simples, mas saudável e mais calma aos nossos filhos. Lisboa não é de todo o nosso sonho para criarmos os nossos filhotes. E sonho muito com o dia em que vou me vou ver sentada no quintal a ver os miúdos a brincar com a terra e ver o meu gato esticadinho ao sol como eu acho que ele ia adorar muito mesmo.
Um dia destes.... um dia destes tomamos coragem...
Quando vos deu o click?

Um grande beijo e parabéns pela vossa decisão e pela nova vida.

Maria disse...

You are lucky! It's fine that you have succeed in finding your home in the countryside and living as you have dreamed. Greetings!

Márcia Alves disse...

adorei seu blog querida!!! somos almas gemeas, penso igualzinho a voce, mas o problema aqui no Brasil é o perigo de viver na fazenda, e o custo alto das terras.Eu moro em Goiania perto da capital Brasilia, aqui é uma cidade enorme, um caos!! mas o meu sonho de ir morar na fazenda se aproxima se DEus quiser. li seu blog todinho e me senti em casa com voce a tomar um chá.beijão

Maricota by Marianne Rogatto disse...

Com certeza você fez a melhor escolha! Lindo teus trabalhos e teus escritos!
Beijocas
Marianne

Silvia disse...

Que blog lindoooo!!!... Parebéns!! bjsss brasileiros!!...

Margarida disse...

Eu troquei a cidade, ainda que pequena, pelo campo, embora próximo da cidade, há precisamente 5 anos! Há 5 anos vim passar o fim de semana do 10 de Junho à casa que era dos meus avós e já não regressei :-))) Daqui para a cidade, só se for para a "cidade grande"! :-)
Beijinhos

Maria e Inês disse...

Que bom saber que um passo tão importante não foi dado em vão e que valeu a pena todos os dias.
Beijos com muita admiração, nossos "."