terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Double trouble!!!!

Pois que hoje não é sexta-feira, mas apeteceu-me escrever aqui!
E o motivo deste post é mais um pedido de ajuda...ou um desabafo!
O Bubas está enorme, e quando digo enorme, estou a falar de 40kg de cão. De um cão que anda seeemmmpre atrás de mim, e não me deixa fazer nada. 


Há meses que o tento habituar a ficar no jardim, mas chora e ladra que me ensurdece e entristece ao mesmo tempo. 
Sempre morei em apartamentos e tive cães em casa. Mas não como este! O Bubas é um tipico labrador, enérgico,  sempre a mordiscar a pedir brincadeira e sobretudo companhia. Por um lado, sinto-me acompanhada o dia todo, mas por outro tenho saudades dos tempos "de pausa", de sossego...
É dificil educar um cão, ainda cachorro com duas crianças em casa, sistematicamente a abrir-lhe a porta quando o ponho no jardim!!!!



Ó Bubas quando é que cresces e passas a ser um daqueles labradores pacholas????
Já precisava!!!!
ps- aceitam-se conselhos!!!!

Boa semana!!!!

23 comentários:

MissB disse...

Lindo o Bubas! :)
Sugestão: mande-o para minha casa para uma pausa prolongada ^^ hihihi

Romy disse...

Olá,

Sugiro que fale com o veterinário dele de certeza lhe dará boas dicas.
O Bubas, é cachorro, como tal tem muita energia, se calhar precisava de fazer algumas caminhadas/corre, deve estar muito habituado a estar em casa sempre na sua companhia (eles são a nosa sombra) e claro não gosta de estar no quintal sózinho, será mesmo uma questão de treino/educação:)))



Beijinho

Carol disse...

Labrador tem muita energia e para acostumá-lo a ficar no jardim você terá que ter paciência. Compre alguns brinquedos para ele, um osso próprio para cães daqueles enormes para distraí-lo, vá tentando, aos poucos você consegue.
Beijos

papoila disse...

Está lindo o Bubas! Ainda me lembro de ler o post do dia em que ele foi aí para casa. Sei muito bem o que é um cachorro energico...a minha até aos dois anos tirou-me muitas vezes do sério!!! Um dia, quando dei conta estava calma...e é um sossego.
desejo-te paciência porque vais ver que vai valer a pena.Em breve vais adorar a doçura dele.
Vê o "encantador de cães" na SIC Mulher...ele ensina-nos muito eu estou a adorar!....

Ana disse...

olá,
só ralhando com ele mas é sol de pouca dura porque eu tenho uma aqui em casa que é a mesma coisa, até se vem sentar em cima do computador para eu não escrever...
a única perdição dela são aqueles ossos grandes para morder, duram bastante e em certas alturas esquece-se que o mundo existe só para morder o osso.
beijinhos

aqui pelo campo... disse...

obrigada!
Ele é de facto muito cachorro ainda...e quanto ás caminhadas eu sei que as devia fazer mais com ele...mas é complicado pois sofro de tendinites e ele leva-me atrás.....
Ao fim de semana desforra-se pois damos grandes passeio com ele!!!!

Lígia disse...

É natural que assim seja; os labradores são adolescentes praticamente até aos dois anos. Eu tive um que nos seus doze anos de vida me deu dois ( os primeiros ) de quase desespero e os outros dez de ternura e dedicação total; quando partiu deixou a família toda de rastos. Mesmo vivendo numa vivenda, sempre viveu connosco dentro de casa pois é com os donos que o labrador é feliz. Normalmente passo por aqui de mansinho e não desmerecendo o resto, obviamente, os posts sobre o Bubas trazem-me um sorriso especial à alma. Parece-me que o Bubas está a precisar de mais momentos de passeio para esticar as pernas e descarregar energias; umas corridas diárias atrás de umas bolas de ténis é o melhor antídoto anti-maluqueira. Não desista de ter um labrador a partilhar a vida familiar; há vários tipos de afetos na vida e o que partilhamos com um labrador é imperdível.

pituxasilva disse...

olá.
Ele tá lindo.
Bem devia ter sido logo de pequeno, os meus foram habituados logo a ficar no canil ( mas as vezes cortava me o coração) o meu woozie teve treinador e cursos ,se precisares de um treinador digo te o meu é otimo.
Mas o bubas tem o mesmo problema que os meus... excesso de mimos lol

beijos e lambidelas da malta
pituxasilva

Borboleta Serrana disse...

Em casa tenho 3 cães,que apesar de fazerem muuuita companhia uns aos outros, preferem estar comigo! O meu cantinhojá está montado junto deles, chego a ter umao colo, e umsentado de cada lado.Mas verdade seja dita,a que requer maismimo éa Golden Retriever.Na quinta temos 3 irmãos pretinhos iguais ao Bubas e quando sejntamos seis é uma alegria. Como sobrevivemos a umamatilha?! Com muitas caminhas,merguhos no rio e ao final do dia, para ficarem exaustos correm no pinhal, ao lado do nosso carro! A noite é um sossego, annham-se uns aos outros e dormem em gamelas de madeira que já viram melhores dias durante as vindimas. O ideal é terem companhia canina,para nos "libertarm" um pouco.Mesmo assim eu tenho smpreumas quantas "sombras" comigo,masjá não me imagino sem elas.Resumindo,ou mais exercício ou adoptar uma companheira esteriizada;)

Dama das Camélias disse...

Eu também tenho uma labradora, energica, chorona e muito traquinas! Felizmente sempre gostou de estar na rua, mas claro... dava as lambidelas que fossem precisas para estar em casa connosco. A minha pergunta é como consegues ter um cão destes em casa? Não larga pelo?! É que mesmo no quintal eu tenho verdadeiros novelos de lã pelos cantos. Já falei com outras pessoas que têm cães e que me dizem ser normal... eu não concordo, acho que esta cadela renova o pelo todos os dias.

A minha faz 3 anos este mês, espero que tenhas mais sorte com ela daqui para a frente :)

Filó disse...

Ai o Bubas...que coisa mais linda, tão fofinho! o que eu adorava ter um Bubas para me fazer companhia! Infelizmente não há condições!!!
Um miminho grande para o Bubas e uma boa semana para ti!bj

remall disse...

como ele cresceu !!!! e como está lindo ! com essa carinha mais fofa.
adoro labradores, seu carinho e sua verdadeira adoração por água.
já tive um e eles são realmente muito companheiros.

Isa disse...

Eu acho que tudo depende de cada cão. A minha Labrador tem 7 anos e continua maluca e a fazer asneiras como quando era cachorro mas paciência temos de viver com isso!
Bjs

Lara B. disse...

Os cães precisam de incentivos positivos e não negativos, experimente a dar-lhe uma ordem e quando ele obedece, recompensá-lo com um biscoito e dar-lhe festas e incentivá-lo.

Beijinhos e boa sorte tem um cão lindo :)

pontinhos ao vento disse...

Concordo que uma companhia para ele é a melhor solução. Tenho dois serras da estrela, ele quase c 2 anos,ela c 3 meses, desde que ela chegou lá a casa eles chateiam-se mais um ao outro e menos a mim. Mas, os meus ficam na rua. Imagino o que seria tê-los aos dois dentro de casa!
Muitas caminhadas e muitas brincadeiras que o obrigue a correr.
Beijo
Maria

Teresa disse...

Um Amigo!
O Labrador não é um cão solitário e precisa de correr, brincar, enfim, estafar-se.
Até pode ser um cão pequenino que deve - logo desde o início - a ser habituado a ficar lá fora. O Bubas vai querer ficar com ele. Vai sempre tentar entrar para dentro mas cedo vai preferir aprontar com o amigo do que aninhar-se ao pé de si.
As crianças quando chegam devem brincar com ele(s) - ENERGICAMENTE - e depois ir para dentro deixando-o cá fora. Para descansar ;). Aproveitar esta altura para alimentá-lo. Enquanto come não tenta entrar, depois há-de querer descansar.

Aos poucos, é sempre o melhor. Com carinho mas firmeza.

Boa Sorte!

organizatequebemprecisas disse...

Coisa linda !!! Compreendo a sua frustração, mas que ele é lindo lá isso é...Eu tenho uma paixão por labradores !!! Força e paciencia...

Rosário disse...

Sim, vê o encantador de cães na sic mulher. vais aprender muito e ficar surpreendida!
acho que a mensagem mais importante é tratar o cão como cão e não como pessoa. ele deve fazer o que tu queres e não o contrário. mas vendo apenas 1 programa vais logo perceber a mensagem.

Bombocaa disse...

a minha França tem 5 meses e até colo me pede ehehehe :)

São uns amores estes canitos :)

Joana disse...

Oi!
Primeiro nao posso deixar de dizer que se o teu labrador tem 40 kilos (apesar de nao parecer nas fotos que colocaste no post) significa que ele deve estar acima do peso recomendado. Isto é extremamente importante em todos os animais mas principalmente nos labradores devido a sua tendencia de displasia da anca. Quanto mais peso maior a possibilidade de adquirirem e depois é uma dor de alma ver que querem correr e brincar e nao conseguem pois tem dores.
Quanto ao problema da actividade, sinceramente acho que nao há muito a fazer. Sao caes muito activos. A única coisa que posso eventualmente sugirir que tentes é que o mantenhas o tempo todo dentro de casa. É uma raca que exige muita companhia e provavelmente o facto de se sentir sozinho na rua faz com que fique muito eufórico quando está na presenca de pessoas principalmente os seus donos queridos.
Espero que de alguma forma tenha ajudado ou dado alguma ideia luminosa.
Beijinhos.

Rose Porciuncula disse...

Querida amiga...
Pense da seguinte maneira:
E se eu perde-se o Bubas?
Como eu me sentiria?
Pense também que você tem tudo, afazeres, amigos, família e ele só tem a você, sim porque se ele anda como sua sombra é porque pra ele você é tudo.
E pense mais uma coisa... A vidinha dele é tão rápida e passageira que de coração penso que deve achar uma benção o tempo que ele estiver ao seu lado.
Agradeça todos os dias por ter alguém que ama mais que a si próprio!
Espero ter ajudado.
bjs
Rose

Arteira Craft
http://arteiracraft.blogspot.com/

Sophy disse...

Boa tarde!!

Encontrei o teu blog por acaso e adorei, parei aqui neste post e resolvi deixar um comentário. Eu também tenho uma labradora linda... que recentemente foi mãe de 12 cãezinhos... ponderei imenso e fiquei com um deles, todos os outros dei a pessoas conhecidas. Foi a melhor coisa que fiz, além de ele ser lindo, amoroso e um querido faz imensa companhia à mãe e n me sitno tão triste quando chego mais tarde a casa, sei que eles se têm um ao outro...

Mas quando chego a casa não nos largam... e quando entro em casa e os deixo no jardim, batem à janela... tenho já váris riscos nas janelas... eles adoram estar perto de nós... basta olhar para o rosto deles e abrir logo a porta... são irresistíveis.

Silvia disse...

Ele é muito lindooo!!!...